Arquitetura Comercial: O Grande Impacto nas Vendas!

Com a crescente competitividade no mercado, as técnicas para aumentar as vendas estão mudando. Hoje em dia o consumidor não está preocupado apenas com o produto, mas com um conjunto de fatores, desde os preços até a organização da loja e a sua aparência. Conheça mais sobre a arquitetura comercial e o trabalho dos escritórios de arquitetura especializados nesse nicho que cresce dia após dia, e representa um grande impacto nas vendas, aumentando os lucros e levando a empresa a outros patamares.

 

O que é arquitetura comercial?

A área comercial da arquitetura, é aquela que opera dentro do âmbito comercial ou a que trabalha com a aparência que as empresas varejistas e atacadistas terão, a disposição dos produtos dentro das mesmas, iluminação, cores utilizadas e diversos outros fatores.

É essencial para a empresa se destacar em meio ao mercado, e a arquitetura comercial trata de dar uma cara única para a sua marca, uma vez que os consumidores estão se tornando mais exigentes e procuram um ambiente confortável e funcional para fazer as suas compras. Uma experiência completa é o que faz o seu negócio chamar a atenção frente aos concorrentes.

Parece ser simples elaborar um espaço que combine com a sua empresa, no entanto, o aspecto estético não é o único a ser analisado para um bom projeto. O que é bom e funcional é algo muito subjetivo, e é necessário ter uma visão nos tipos de produtos que são comercializados e o público-alvo que se deseja atingir.

 

Transforme a loja em um lugar de desejo

O setor varejista é o que mais cresce no Brasil, e é necessário que o comerciante entenda que diversos públicos irão visitar o seu espaço, e a maior parte deles tem chances reais de se tornarem clientes.

Otimizar o espaço para a melhor circulação dos consumidores é essencial para que a sua loja se torne um local em que as pessoas desejam estar. A organização envolve os tipos de prateleiras em que os produtos estão expostos, e como elas estão dispostas no ambiente, caso contrário, o seu cliente pode esbarrar em produtos ou o espaço se tornar pequeno devido à falta de planejamento.

A iluminação é outro aspecto que não pode passar batido na elaboração da arquitetura comercial, pois é ela que deixa os produtos visíveis, e os consumidores conseguem ver com clareza o caminho até chegar ao seu destino.

Invista em luminárias que destaquem os produtos, de maneira que o foco seja total ou parcialmente direcionado ao item, enquanto a iluminação do cliente é mais difusa. Essas técnicas colocam os produtos em outro patamar, como se estivessem reluzindo aos olhos do indivíduo.

 

Uma boa vitrine pode vender mais

Quando andamos nas ruas, passamos por inúmeras lojas com produtos similares e públicos-alvo idênticos, o que dificulta a escolha. É comum que a preferência seja dada para aqueles comércios com uma vitrine mais atrativa, na qual o layout destaca os produtos essenciais ao cliente.

A fachada da loja está intimamente relacionada com a vitrine e a construção da identidade visual da marca. Ela é a primeira etapa do contato entre o cliente e a empresa, podendo afastar os clientes se estiver em más condições ou não condizer com o público que se deseja atingir.

Um bom planejamento é essencial para que a arquitetura comercial surta efeito, e a empresa passe a vender mais e atender um público maior. Esse tipo de investimento pode não parecer vantajoso, mas em longo prazo, é uma das melhores estratégias de obtenção de clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat