5 Passos para se Preparar Antes de Abrir uma Franquia

Abrir uma franquia pode ser um negócio extremamente lucrativo, não é à toa que esse segmento não para de ganhar espaço no Brasil: a previsão é um crescimento entre 9% e 10% em 2018, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Se você está pensando em se aventurar por esse mundo, confira quais são os 5 passos básicos para se preparar antes de abrir uma franquia.

 

Escolha do segmento

Existem marcas que adotam o sistema de franquias em praticamente todos os setores, da alimentação ao home care. O primeiro passo é escolher o segmento com o qual você deseja trabalhar para começar a filtrar essa infinidade de opções.

Essa escolha deve levar em conta as suas paixões: pense na quantidade de energia, tempo e dedicação que você terá que depositar nesse projeto, se não for algo que realmente goste, não vai funcionar.

Além desse lado mais pessoal, também é importante avaliar se a sua cidade tem o público que você espera impactar com seu negócio; como é a concorrência; de que forma você pode inovar.

Aprofunde-se nesse ramo, descubra tudo o que for possível sobre ele e você já começará muito acima da média.

 

Conheça o seu franqueador

Depois de escolher o segmento, você vai analisar quais são as franquias que se encaixam e, dentre elas, eleger uma para chamar de sua. Não tenha medo de pesquisar muito antes de fechar um negócio como esse.

Pesquise sobre a história da franquia, coloque na ponta do lápis todos os investimentos iniciais que ela exige, procure conversar com outros franqueados para saber como é o relacionamento e o suporte oferecido.

Faça reuniões, levante os dados disponíveis, faça uma pesquisa para saber quais são as impressões do público em relação à marca em questão. Não deixe que a ansiedade de começar a empreender faça você pular essas etapas.

 

Análise de custos

Cada franquia estabelece qual é o investimento inicial que o franqueado deve desembolsar. Algumas colocam todas as taxas em um único pacote e outras cobram tudo separadamente. Não importa como: você terá que pagar um valor antes de começar a operar.

A análise financeira é essencial para evitar o endividamento, saiba qual é o seu limite para esse investimento inicial. Um consultor financeiro pode ajudar muito.

Analise também qual é o retorno estimado e em quanto tempo aproximadamente você conseguirá recuperar o que investiu. São esses dados que vão indicar se o franqueado está prestes a fechar um negócio vantajoso ou não.

 

Encontre um local adequado

Muitas franquias indicam qual é a metragem que o estabelecimento deve ter e até oferecem suporte na escolha do local. Mas “bater o martelo” é responsabilidade do franqueado, por isso, é importante pesquisar e olhar para as suas possibilidades com uma visão estratégica de negócio.

O ponto comercial é responsável por boa parte do sucesso de um negócio. Esteja onde seus clientes estiverem!

 

Conte com um escritório de arquitetura

Ao final de todo esse processo, quando você já estiver inclusive com o ponto comercial, é hora de contar com o trabalho de um escritório de arquitetura especializado.

Apenas profissionais especializados nessa área poderão garantir que o estabelecimento vai cumprir com as exigências do franqueador, vai estar dentro dos padrões da marca e ainda otimizar o espaço disponível que nem sempre é muito amplo.

Uma boa equipe vai entregar o resultado esperado dentro do tempo adequado e no orçamento estipulado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat